19 de set de 2011

Tá na hora de exercitar!!!

Bom dia a todos!


Aproveitando todo esse clima da Virada Esportiva, ocorrida em São Paulo nesse último final de semana, falarei durante essa semana sobre os benefícios da prática esportiva tanto para os bebês, quanto para as mamães.

Aproveitem a leitura e comentem também com suas opiniões e experiências!

O esporte é uma atividade de suma importância em nossas vidas, e se for possível deve ser introduzida desde os primeiros anos de vida do bebê. A atividade física auxilia a criança a ter um bom desenvolvimento mental e físico. As crianças que praticam esporte desde bebês, podem ser estimuladas e orientadas no sentido de aprenderem a respiração abdominal correta e como executar um verdadeiro relaxamento muscular, além de fazer com que as crianças aprendam a lidar com as vitórias, derrotas e trabalho em equipe. Utilizar as técnicas preventivas para que possam controlar todas as reações emocionais e fisiológicas, também fazem parte de um bom desenvolvimento infantil. Essas são atitudes saudáveis que podem ser aliadas às atividades esportivas.


O que podemos fazer?

O primeiro passo, é dar o exemplo! A atitude da criança em relação ao exercício, depende dos seus pais. Crianças ativas, geralmente possuem pais ativos, por outro lado, jovens inativos, tinham como exemplo, pais sedentários.

Os exercícios poderão ser iniciados, após o 1º mês do bebê, ou quando recuperar o peso do nascimento. Qualquer horário poderá ser adotado para a prática esportiva, mas após o banho ou no final da tarde, são as melhores opções. Não importa a duração dos exercícios, o importante é manter a regularidade, para que o bebê possa se acostumar com a rotina.

Vestir a criança com roupas confortáveis durante os exercícios. A temperatura do local deve estar agradável. Caso faça os exercícios ao som de uma música, o bebê associará a música ao prazer dos exercícios.

A partir de quanto tempo as crianças podem começar a se exercitar?

Existem estudos que dizem que os bebês podem começar atividades físicas a partir de seis semanas, outras, que a partir de seis meses, os exercícios já podem ser introduzidos no dia a dia do bebê.

Dá pra fazer em casa?

Dá. Abaixo alguns exemplos de exercícios por faixa etária, para serem feitos em casa. Além de introduzir o gosto pela prática esportiva nos bebês, há uma grande interação entre bebês e pais.

Mesmo que seu bebê tenha pouco controle dos músculos, ainda assim ele gosta de sentir seus membros se movimentando. Já na tenra idade de um mês, você pode começar a exercitá-lo. Abaixo, irá encontrar alguns exercícios que os dois poderão fazer juntos.


Sugestão de exercícios: 1 a 4 meses
  • Agarrar
Exercícios para o seu recém-nascido incluem o agarrão.

  1. Deite o bebê com as costas no chão. Coloque a mão dele em volta do seu dedo indicador e segure-a nesta posição com seu polegar e com seu dedo médio.
  2. Alongue delicadamente o braço do bebê, movimentando a mão dele em sua direção sem o levantar do chão. Retorne à posição inicial.
Repita cinco vezes para cada braço.
  • Crossover peitoral
    O crossover peitoral é um bom exercício para o seu bebê.

  1. Segure ambas as mãos do bebê na posição do "agarrão" (descrita no exercício anterior).
  2. Alongue os braços da criança para os lados, cruze-os no peito e alongue-os novamente.
  3. Faça este exercício devagar e delicadamente. Repita o movimento 5 vezes.

Outra opção é levantar os braços do recém-nascido acima de sua cabeça e depois abaixá-los pelos lados.

Sugestão de exercícios: 3 a 4 meses
  • Bicicleta
    Exercite seu bebê com a técnica da bicicleta.

  1. Com o bebê deitado de costas, segure seus pés ou a parte inferior de suas pernas e delicadamente empurre uma em direção ao peito enquanto estende a outra.
  2. Alterne o movimento 3 vezes, pare e então repita o exercício.

Quando terminar, deixe a criança chutar livremente.

Sugestão de exercícios: 5 a 6 meses
  • Barra
    Exercite seu filho ajudando-o a fazer barras.

  1. Segure os antebraços do seu bebê. Mantendo as costas dele retas, puxe-o para uma posição sentada.
  2. Retorne-o para a posição inicial devagar e delicadamente.
Repita 4 vezes.

  • Plantar bananeira
    Exercite seu bebê ajudando-o a plantar bananeira
    1. Deite a criança de bruços e coloque seus cotovelos diretamente abaixo dos ombros e seus antebraços no chão.
    2. Segure e levante o quadril e o tronco do bebê para que formem um ângulo de 45º com o chão. Deixe a criança descansar o antebraço. Tente levantar as pernas um pouco mais altas, mas tome cuidado para o bebê não bater o nariz no chão.
       
 Sugestão de exercícios: 7 a 8 meses
  • Dedão na orelha

Exercite seu bebê levando o dedão do pé à orelha.

  1. Deite o bebê de costas.
  2. Deixando a perna dele esticada, delicadamente leve o dedão do pé direito à orelha esquerda (não force) e retorne à posição inicial. Faça a mesma coisa com o dedão e a orelha contrários.

Repita 5 vezes com cada pé.


  • Carrinho de mão


O carrinho de mão é um excelente exercício para o seu recém-nascido.


  1. Com o bebê deitado de bruços, coloque sua mão abaixo da barriga e da pélvis e levante a parte inferior do corpo dele. A criança deve suportar o peso da parte superior do corpo se apoiando em suas próprias mãos e braços, olhando sempre para frente.
  2. Conte calmamente até 3.


Sugestão de exercícios: 9 a 11 meses


  • Escalar a montanha


Escalar a montanha é um excelente exercício para as pernas de seu bebê.



    1. Sente no chão com suas pernas estendidas e seus joelhos flexionados. Segure o bebê em seu colo, de frente para você, pelo tórax.
    2. Incline-se um pouco e deixe a criança subir pela parte superior de seu corpo. Este é um bom exercício para as pernas do seu bebê.

Quer saber mais? Clique Aqui


Você sabia que existe uma academia para esse fim???

Eu acredito que sempre fique uma dúvida, quanto a prática de exercícios tão cedo em um bebê tão pequenininho, não é mesmo? Mas existe ajuda profissional para isso.

A My Gym é uma academia para bebês e crianças que há 28 anos, enriqueceu a vida de milhares de bebês e crianças. No Brasil, o conceito é novo. Oferecem aulas estruturadas e voltadas para a coordenação motora, desenvolvimento da força, atividades sociais, trabalho em equipe, confiança e também autoestima.
A academia indica o início das práticas esportivas a partir de seis semanas, com programas específicos para cada faixa etária.
Eles possuem várias filiais e contam com programas e aulas com a participação dos pais. Cada grupo de faixa etária, recebe um nome e os exercícios são desenvolvidos para o grupo.


A My Gym possui franquias em : São Paulo (Moema, Alphavile, Anália Franco, Morumbi, Vila Leopoldina), Belo Horizonte, Goiânia, Salvador


As aulas não são tão baratas (Em torno de R$ 250,00/mês), mas os benefícios prometidos pela rede, parecem ser bem interessantes.

Dá até pra tentar uma aula grátis. Clique Aqui

Para mais informações, sobre a My Gym, acesse: My Gym


E aí, vamos botar nossos bichinhos para malhar?rs



Até a próxima!



Nenhum comentário: