25 de ago de 2011

Vivendo e Aprendendo... Mais uma para meu Currículo de mamãe.. APLV



Você sabe o que é APLV?

APLV nada mais é do que Alergia a Proteína do Leite de Vaca. Quinta-feira passada, fui surpreendida por essa notícia pelo pediatra da Clara, devido a essa tosse que não pára há mais de um mês. Ora, ela está com rinite, ora com laringite, o nariz não pára de escorrer, vive a base de corticóides, inalação com soro fisiológico, rinosoro, panela com água, toalha molhada, peito chiando e nada!!!!
O pediatra acredita que ela possa estar com alergia do leite de vaca (proteína do leite) e pediu para que eu suspendesse a fórmula tradicional e iniciasse uma fórmula com Soja.

A Clara não é muito chegada a leite (exceto o materno) e desde que foi para o berçário, ela toma entre 100 a 140ml por mamada e isso ainda em no mínimo 20 min! No início achava que poderia ser resistência porque ela ainda mama no peito 2 x ao dia durante a semana e finais de semana e feriados, mas agora analisando os sintomas, pode ser que ela realmente tenha a alergia ao leite de vaca e como pode causar dor e desconforto, ela simplesmete rejeita. Inciamos a fórmula com soja na última sexta-feira, mas por enquanto a aceitação ao leite está a mesma do leite de vaca (continua mamando pouco) e não sei mais o que fazer.

Após pesquisar em casa como uma louca, buscando informações, sintomas, tratamentos, me deparei com o seguinte site:

O site contém muitas informações utilíssimas e vi que o problema tem solução. É um pouco traumático, pois se realmente ficar confirmado a alergia, a Clara não poderá consumir nada que contenha a proteína do leite ou traços de leite por pelo menos até 2 anos.

Abaixo mais detalhes sobre a alergia:

A alergia ao leite de vaca (APLV) é uma reação alérgica às proteínas presentes no leite de vaca ou em seus derivados. Isso ocorre, porque assim que os bebês nascem, seu intestino ainda está imaturo e a ingestão dessas proteínas pode iniciar um processo de inflamação no aparelho digestivo.
A alergia ao leite de vaca atinge cerca de 5% dos bebês e crianças com emnos de 3 anos, já os adultos, raramente têm a doença.
Os sintomas mais comuns são: diarréia, prisão de ventre, irritabilidade, refluxo, vômitos, vermelhidão na pele, perda de peso, chiado, entre outros. (Dentre os sintomas mencionados, percebo na Clara o refluxo, vermelhidão na área dos olhos e boca, chiado).

O diagnóstico da alergia ao leite de vaca é feito por meio da observação dos sintomas. Alguns exames podem ajudar, porém a única maneira de saber se a criança tem ou não alergia ao leite de vaca é fazer uma dieta de exclusão do leite de vaca e seus derivados por um período mínimo de 4 semanas.

Atenção!
Somente o médico está capacitado para diagnosticar a alergia ao leite de vaca. Juntamente com ele, o nutricionista poderá prescrever a dieta correta para que o bebê não tenha problemas de desenvolvimento e crescimento por falta de nutrientes.

Fonte: Alergia ao leite de vaca

O que me espantou é que esse tipo de alergia é mais comum do que podemos imaginar. Uma em cada vinte crianças, possuem alergia ao leite de vaca e os sintomas são bem complicados de serem diagnosticados, pois esses sintomas podem estar associados a alergia a outros tipos de alimentos, principalmente se os bebês já iniciaram a alimentação de sólidos. Ela não come nada industrializado, as papinhas são feitas diariamente na escolinha e em casa também procuro fazer no dia, então é praticamente uma incógnita.

As ações tomadas pelo pediatra:

- Introdução do Leite de Soja (Soymilke) no lugar do leite de vaca em pó (Bebelac);
- Vai tomar uma vacina contra alergia em gotas (manipulada) de uso contínuo;
- Observar a reação do organismo na adaptação ao leite de soja (ver se ela possui os mesmos sintomas vistos no leite de vaca)
- Tomar corticóide para aliviar a tosse dela pot 7 dias
- Inalação com soro fisiológico 4 x ao dia

Tô pensando em marcar uma nutricionista para ver a alimentação dela e também um gastro pediatra para descartar a hipótese de que o refluxo esteja causando tudo isso (pode ser também).

Espero que isso passe logo... Tadinha da minha bichinha... :(

Até a próxima!

3 comentários:

Néinha Figueiredo. disse...

Pathy muito obrigada!
Vc não sabe o quanto seu comentário acalmou meu coração! ;)
Muito obrigada mesmo viu?
Acabei de ler seu post, espero que a Clara melhore logo viu?
Nada como ver nossos pequenos saudáveis não é?
Bjs Nossos!

Dona Mocinha - Taly Watanabe disse...

Olaaa Pathy, poxa pq eu ainda não conhecia seu blog..poxaa vida!!
E logo de cara estou gostando viu?

E desejo melhoras (e rápidas) para a Clarinha...

E realmente, qto ao "baque" da mãe fake, vamos ficar atentas e tomar as medidas pra se sentirmos o minimo possivel protegidas né?

bjinhuus
Taly e Emily
www.donamocinha.com

Sara, a mamãe de Davi disse...

Melhoras pra Clarinha..Te seguindo!
Beijos,
Sara
http://saracleberdavi.blogspot.com/