3 de nov de 2011

Pensamentos de Mãe + 10 meses da Clara

Olá Bom dia!!!

Eu havia postado esse texto no meu perfil do Orkut durante a gravidez da Clara. Hoje tava fuçando por lá e li esse texto de novo e resolvi compartilhar com vocês aqui no blog:





Quando um bebê decide vir ao mundo, nasce com ele uma mamãe.

Uma mãe, é mãe desde o primeiro instante. Mesmo quando a vida ainda é um minúsculo ser implantado no ventre, a gente já é mãe do coração. Todo nosso pensamento, todo nosso cuidado se volta para esse serzinho que, tão minúsculo, já provoca emoções tão grandes.

A simples descoberta já nos traz um turbilhão de emoções inexplicáveis. A vida nunca mais vai ser a mesma. E nos perguntamos: "será que vou ser uma boa mãe?" "Será que vou saber cuidar do meu bebê?"

Mas uma mãe não nasce mãe e não aprende a ser em escolas. Uma mãe é e isso basta. Mãe sente, mãe adivinha, mãe aprende sofrendo, mãe sofre aprendendo.

Benditas são as mulheres! Se elas suportam uma das maiores dores, sentem sem dúvida a maior das felicidades. Uma mulher grávida é sempre algo sublime, ela tem algo de anjo e santo, uma aura invisível que reflete e ilumina seu rosto. Ela carrega nela a vida, um pedacinho dela mesma que vai um dia ter vida própria e isso é maravilhoso e assustador ao mesmo tempo.

Deve ser por isso que nos tornamos tão emotivas e choramos tão facilmente. Deve ser essa a razão de querermos estar satisfeitas em todos os nossos desejos.

Que a gravidez não é uma doença é verdade. Mas que não digam que é normal e que a pessoa pode viver normalmente, pois isso não é verdade. Todo o equilíbrio físico, psicológico e emocional fica balançado. Há ainda hoje civilizações onde as mulheres grávidas são tratadas como seres especiais e divinos.

Mãe que está descobrindo as alegrias da maternidade agora, deixa eu te dizer uma coisa: se você tem medo de não saber o suficiente para ensinar ao seu bebê os caminhos da vida, saiba que é com ele que você vai aprender a trilhar muitos desses caminhos. Viva a sua gravidez em todos os seus instantes e não se preocupe se está fazendo ou se fará as coisas certas ou erradas. Seu coração vai te ditar, confie nele! Aproveite ao máximo cada segundo, pois cada momento é único e esse privilégio não é dado a todos.

Por isso agradeço a Deus por mais essa dádiva em ser mãe pela 2ª vez!!!

Realmente tenho a dizer, que ser mãe pra mim é algo inexplicável. Vejo uma grávida na rua e já tenho vontade de engravidar novamente. Sempre falo para minhas amigas: "Eu adoro ficar grávida". Dá trabalho ser mãe, a gente muda tanto, abre mão de tantas coisas por esses pequenos, mas é um trabalho gratificante, sem preço!


E em complemento a esse texto tão lindo, comemoro os 10 meses da minha princesinha. Olho pra ela e vejo como o tempo passou rápido. Daqui há exatos 2 meses, ela fará 1 ano. Todo mês coloco isso, mas parece que foi ontem que ela nasceu. Eu entrei em pânico quando estava no final da gravidez, pois a Clara estava prestes a nascer e mesmo já tendo sido mãe, um turbilhão de inseguranças estavam ali comigo. Tinha medo de não dar conta, de fazer tudo errado.

E...

Há 10 meses ,ela encanta nossas vidas com o seu jeito sapeca de ser..
Há 10 meses, meu coração se enche de alegria e amor cada vez que ela faz uma gracinha...
Há 10 meses, tive mais certeza ainda que nasci para ser mãe...
Há 10 meses, agradeço a Deus por essa dádiva e peço saúde para compartilhar muitos outros..
Há 10 meses, nosso segundo tesouro se chama CLARA

Parabéns filha! Amamos você!

Mamãe, Papai e Cauê



Nenhum comentário: